Lumos: Senta-te aqui, vamos conversar

sexta-feira, março 17

Senta-te aqui, vamos conversar

"Senta-te aqui, vamos conversar"
E o mundo desaba. Aquele mesmo mundo que já desabou à tanto tempo que nem te lembras de alguma vez o ter visto de outra maneira. Não paras quieta e já toda a gente percebeu que algo se passa. Que és diferente. Que fazes os outros rir para tentar extrair deles alguma felicidade. E isso falha. E tu voltas para casa, sozinha, vazia, com medo. Deitas a cabeça na almofada e aqueles pensamentos que não pararam durante o dia, intensificam-se ainda mais agora. E tu imploras. Imploras mais e mais e não passa e as lágrimas caem, e o sufoco fica cada vez maior e depois o vazio. E depois ficas sem ar. E depois o medo e o chão frio e tu deitada lá a pensares o que raio ainda estás aqui a fazer. E quando te perguntam "De que tens medo?" nem sabes o que responder. A lista é enorme. De tudo. De sair, do sol, da chuva, do riso dos outros porque não sei o que é rir. De estar sozinha, de estar rodeada de pessoas. Da minha sombra. De ti. Do mundo. Deles todos. De mim.
Mas o que mata mesmo é o "Como te sentes?". Triste. Com medo, sempre com medo, com medo do medo até. Sozinha. Vazia. Em pânico. E lá vem ele outra vez, o sorriso falso e a resposta forçada, Estou bem obrigada. E a voz falha, o buraco fecha e o ar já se foi, já estás encolhida outra vez no teu mundo. E as perguntas começam. Ainda demoramos muito? Vais-me deixar sozinha? Podes vir comigo? "O que te acalma?" Nada. É tudo uma dor constante, um pânico que sufoca, um medo que me gela até aos ossos. A minha cabeça não pára. Eu bem que lhe imploro que ela me deixe dormir, que pare nem que seja um segundo. Deve ser bom ter um segundo de paz, mas já não sei o que isso é. E é quando olhas nos olhos das pessoas que mais amas e vês o desgaste delas por estares assim que percebes que precisas de ajuda. Que o medo já não é só medo e muito menos só o teu medo, o pânico já não é só pânico e das coisas pequenas passou para aquelas que nunca pensaste e a ansiedade já tomou conta de ti totalmente. 

"Senta-te aqui, vamos conversar"
O meu nome é Catarina e preciso de ajuda, Estou doente. 
E assim começa e nunca acaba o dia a dia de uma pessoa que sofre de ataques de ansiedade e de pânico. Cada dia é uma luta, cada ataque uma grande batalha. Poucos entendem mas só quem passa por isto é que sabe o horror que é viver com esta doença todos os dias. 

13 comentários:

  1. Espero que tenhas o apoio que precisas! Estas situações são super complicadas, espero que amanhã seja um dia melhor <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já estou a ser acompanhada querida. Demore o tempo que demorar isto vai lá !
      Obrigada pelas palavras de apoio <3

      Eliminar
  2. Esse é o primeiro passo, mas um passo de cem metros que custa tanto, mas tanto a dar... O precisar de ajuda.
    Beijinhos e força querida :)

    mylipstickmarks.wordpress.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Demorei muito tempo a admitir que precisava de ajuda e agora que o fiz sinto-me bem mais leve !
      Obrigada pela força querida :)

      Eliminar
  3. Sei bem o que isso é querida, já passei por coisas parecidas! Tens de ser forte e aproveitar a vida que é tão curta... eu sei que é difícil, mas só depende de ti <3
    Beijinhos!

    www.losingmamind.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora estou a ser acompanhada e aos poucos isto vai ao sítio :)
      Espero que estejas melhor agora !
      Beijinhos princesa <3

      Eliminar
  4. Lamento, mas sei que és uma rapariga cheia de força e vais conseguir ultrapassar =) Com uma acção de cada vez, vai acabar por se tornar tudo mais fácil. Eu sei que vais conseguir!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens sempre palavras tão boas para mim ! obrigada por toda a força e apoio minha linda :') <3

      Eliminar
  5. r: Está combinado. Se encontrar o Chip à venda, digo =)

    ResponderEliminar
  6. obrigada pelo comentário <3
    sem dúvida que é uma situação terrível! mas tenho a certeza que tu és muito fort e que vai ultrapassar isso :)

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. o importante é levantar a cabeça e seguir em frente! arranjar forma de, no meio desse pânico, ser feliz! acredita que é possível! :)
    beijinhos:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aos poucos isto vai melhorar querida, obrigada :)

      Eliminar